Hide Button

Índice das ofertas dos ministérios de Sammy Tippit nas seguintes línguas:

English  |  中文  |  فارسی(Farsi)  |  हिन्दी(Hindi)

Português  |  ਪੰਜਾਬੀ(Punjabi)  |  Român

Русский  |  Español  |  தமிழ்(Tamil)  |  اردو(Urdu)

devotions
Lidando com a Dúvida

Frequentemente me perguntam: "Você nunca tem dúvidas sobre Deus?" A maioria das pessoas ficam supresas de ouvir que um autor cristão, evangelista internacional e seguidor de Cristo por 33 anos ainda luta com dúvidas. Mas, eu luto. Eu aprendi, há muito tempo atrás, que não é pecado duvidar de suas crenças. É pecado quando você acredita nas suas dúvidas.

No início da minha vida cristã, eu me encontrei duvidando frequentemente. Eu fazia algo que não agradava a Deus e essas dúvidas sempre seguiam meu pecado. "Como você pode fazer isto e realmente ser um cristão? Se existe um Deus, então por que essas coisas continuam acontencendo?'

Poucos dias depois de eu me tornar um cristão, eu me vi numa sala clamando a Deus. Dúvidas inundavam meu coração. "Existe um Deus? Será que você sofreu uma lavagem cerebral? Será que foi simplesmente uma experiência emocional?" E me senti tão confuso! Eu clamei a Deus. Parece que as únicas palavras que eu podia dizer eram: "Oh, Jesus, me ajuda!". Depois de clamar a Deus por vários minutos, uma paz inundou meu coração. O Espírito Santo testificou no meu coração que eu era um filho de Deus. Eu sabia que eu sabia que Cristo era real. Era uma emoção mais profunda e mais abrangente do que o entendimento humano. Era um conhecimento espiritual.

A vida cristã é como uma viagem. Por todo o caminho, você faz descobertas. Você continua a aprender e a crescer. A pessoa que não cresce sempre acaba derrotada. Muitas das grandes descobertas da vida cristã me vieram quando eu lidei com dúvidas. Eu aprendi a deixar as dúvidas me levarem à novas alturas de fé, ao invés de me forçarem às profundezas do desespero. Eu também aprendi a identificar a fonte da dúvida. Antes de eu conhecer a Cristo, a fonte das minhas dúvidas era bem profunda. Elas eram de uma natureza espiritual profunda. Eles estavam no íntimo do meu ser. Eu duvidava porque eu não tinha um relacionamento vital com Deus. Eu não tinha a certeza de Deus, porque eu não tinha conhecimento dEle. Deus é Espírito. Seu Espíritu não estava presente na minha vida. Mas, após eu me tornar um crente, as dúvidas que eu experimentava eram apenas superficiais. A parte mais profunda da humanidade é o espírito do homem. Eu não duvidava mais naquele nível porque "o mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus" (Rom. 8:16). Em outras palavras, na parte mais profunda do meus ser eu sabia que eu era um filho de Deus, porque o Espírito Santo vive nessa parte mais profunda do meu coração.

Ele continuamente me diz que sou filho de Deus, que o sangue de Cristo é a provisão suficiente para me limpar de todos meus pecados. Isto não é somente mera posição teológica, mas uma realidade prática. Aleluia! O Espírito de Deus vive profundamente dentro de mim e continua a me dizer que eu pertenço a Jesus e que Ele pertence a mim! Eu só sei que eu sei o que sei. Está no fundo do meu coração e só eu sei! Não é simplesmente um tipo de saber intelectual ou um sentimento emocional. É espiritual. É Sua presença na minha vida.

Então, como ficam as dúvidas? De onde elas vêm? Mesmo que eu tenha essa certeza profunda de que Jesus é meu, eu ainda tenho que lidar com as dúvidas superficiais. Essas dúvidas vêm de áreas da minha vida tais como intelectual e emocional. Por exemplo, quando eu desobedeço a Deus, isto sempre deixa uma cicatriz emocional ou intelectual no meu ser. Eu começo a questionar se sou verdadeiramente um filho de Deus. Mesmo que no fundo do meu coração eu saiba que a morte de Cristo na cruz é sufiente para o meu perdão, meu pensamento geramente se assusta. Eu começo a duvidar mentalmente de que sou um filho de Deus. Ou eu posso me sentir emocionalmente derrotado e, assim, duvidar se verdadeiramente eu tenho a vida eterna. Uma vez que o pecado foi confessado e eu tenha verdadeiramente me arrependido, então eu posso descansar novamente na confiança da salvação de Cristo. As dúvidas eram somente superficiais. Por isso, eram também somente temporárias.

As dúvidas intelectuais normalmente brotam de uma visão incorreta de Deus, enquanto dúvidas emocionais geralmente vêm de ações e atitudes erradas. Ao invés de acreditar nmo que a Bíblia diz sobre Deus e nós, geralmente acreditamos no que nossa cultura ensina sobre Ele. Consequentemente, somos derrotados. Cada vitória que experimentamos em Cristo emana da nossa fé. A fé é o fundamento sobre o qual a vitória é construída na vida cristã. Mas, o fundamento da fé não pode ser construído sobre outra coisa a não ser a verdade da palavra de Deus. Devemos nos firmar nas promessas da Bíblia se é para experimentarmos praticamente a vitória sobre as dúvidas.

As dúvidas intelectuais fluem de uma falta de conhecimento da Palavra de Deus. Mas, dúvidas emocionais são geralmente causadas por disobediência à Palavra de Deus. Pela fé em cristo, entramos num relacionamento em Deus. Nos tornamos Seus filhos. Contudo, quando permitimos o pecado entrar nas nossas vidas, nossa intimidade com Ele é quebrada. Não mais experimentamos praticamente a profundidade, largura, medida e altura do Seu amor. Seu amor por nós não mudou. Ainda somos Seus filhos, mas nosso relacionamento com Ele foi quebrado. Esse relacionamento só pode ser restaurado quando confessamos e nos arrependemos dos nossos pecados. É só quando dirigimos na estrada da santidade que temos intimidade com Deus, que é absolutamente santo.

Quando nós acreditamos no que Deus diz sobre nós e vivemos e agimos baseados nessas grandes verdades, vamos experimentalmente saber que somos Seus filhos. As dúvidas vão desaparecer. A fé vai crescer. E a vitória vai ser nosso grito de batalha. Vamos saber o que significa ser vitorioso.